Tag

Minas Gerais

Viagem

Viagem | Conhecendo Lapinha da Serra – Pousada Alpes de Minas

05/12/2016

viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-4

Siiimm! Já temos o post com dicas de Lapinha da Serra! O último post sobre viagem aqui no blog foi em 2015. E nele tinha prometido falar mais sobre o assunto, viajar mais. Infelizmente não rolou, mas cá estou de volta pra contar pra vocês como foi minha experiência na Lapinha da Serra – Pousada Alpes de Minas, no último fim de semana. Foi incrível. Então bora conferir as dicas. 😉

Como chegar

Localizado ao pé do Pico da Lapinha, segundo ponto mais alto da Serra do Cipó com 1.687m, o pequeno vilarejo fica a 140km de BH. Seguimos pela Av. Cristiano Machado, via MG 10, em direção a Lagoa Santa. Em seguida passamos pela entrada da Serra do Cipó (Cardeal Mota), logo na primeira rotatória, após a ponte, entramos à esquerda em direção a Santana do Riacho, aproximadamente 28 km asfaltados. Em Santana viramos à esquerda no fim da praça principal, depois à direita e seguimos até o final do calçamento, onde começa a estrada da Lapinha-(Borracharia/ferro velho). Aí demos início à estrada de terra. Não tem erro, é só seguir as placas para o vilarejo. É importante fazer um alerta: a estrada de terra não é das mais fáceis e são 14km até a Pousada Alpes de Minas. Muito cascalho, costela e valas. Vá com cuidado. E organize-se para fazer a viagem durante o dia, porque a estrada, da Serra do Cipó em diante, é deslumbrante!

viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-b

Onde ficar

Na Pousada Alpes de Minas. Você pode escolher entre os chalés e a casa. Os chalés acomodam confortavelmente um casal e a casa até três casais. Como a casa estava disponível, acabamos ficando com ela mesmo. Espaçosa, confortável, aconchegante, bem estruturada, mesclando o moderno e o rústico. Possui Wi-Fi e Sky. Cozinha, sala, banheiros e quartos, tudo mobiliado. Mas a vista a para a lagoa, com o paredão na lateral, cercada de verde, é de tirar o fôlego. A área ainda conta com uma quadra, ducha, churrasqueira, barcos a remo e estacionamento. Os preços são ótimos! R$380,00 para aluguel do chalé, durante o fim de semana de baixa temporada, exceto feriados. Check in às 17h na sexta e check out às 17h no domingo. Dá pra aproveitar muuuuuuito!

viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-2viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minasviagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-3

 A pousada Alpes de Minas é o lugar perfeito para descansar e curtir a natureza da Lapinha da melhor maneira possível.

Onde comer

Essa informação vou ficar devendo. Como a casa da Pousada Alpes de Minas oferece toda a estrutura para cozinhar (fogão a gás, fogão a lenha e geladeira), acabamos ficando por lá a noite. Passamos os dias petiscando e fizemos um jantarzinho gostoso para comemorar os 7 anos de namoro. Mas me disseram que o Bistrô Lapinha é sensacional! Ah, e vale a pena saborear o picolé artesanal da Padma Chai.

O que fazer

Bom, com a estrutura e beleza da Pousada Alpes de Minas, nem dava vontade de sair. Mas as lagoas, cachoeiras e cordilheiras merecem ser contempladas. Como a gente chegou na sexta-feira a noite, optamos por descansar mais e passear menos. Então fomos conhecer o vilarejo, que é simples e encantador. Uma pequena praça, igrejinha e pequenas casas, cercadas por uma imensa cordilheira. E também a cachoeira e poço do Boqueirão, que ficam a 10 min de caminhada do centro. A queda é pequena, passa por uma fenda e cai num poço de 20 metros de profundidade. É lindo! E é cobrado o valor de 10 dinheiros por pessoa, para ajudar a manter a limpeza do local. Todas as cachoeiras da Lapinha da Serra ficam localizadas dentro de propriedades privadas. Então é necessário contribuir para ter acesso. Cachoeira do Bicame, do Lajeado, do Rapel, Paraíso, Pico da Lapinha são outras opções de passeio. Mas todas com mais de uma hora de caminhada. Vamos voltar pra conhecer mais, com certeza! Dá pra fazer  stand up pedal e rolé de canoa ou barco nas lagoas.

viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-1 viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-5viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-4viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-3viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-2

Dicas extras

O clima da Lapinha da Serra é bastante ameno. Faz calor, mas nada insuportável. Venta bastante e pode chover, então é sempre bom levar um casaco. Não tem sinal de celular, portanto, nada de se comunicar com o mundo exterior, a não ser que o local onde você vai se hospedar ofereça Wi-Fi. O vilarejo conta com mercearias e padarias, mas recomendo comprar o essencial antes e levar. Se quiser realmente conhecer as belezas do local, prepare-se para andar. Use tênis e roupas confortáveis e leve frutas e água. Mas se a sua vibe for descansar já sabe, Pousada Alpes de Minas com vista para a lagoa, cercada de verde e bem estruturada.

viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-9viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-8viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-7viagem-conhecendo-lapinha-da-serra-pousada-alpes-de-minas-1-6

Lapinha da Serra é realmente um lugar bastante especial. Já estou me programando pra voltar com amigos e fazer todos os passeios e trilhas. Quem anima?

>>>Pousada Alpes de Minas
http://www.pousadaalpesdeminas.com.br/
Telefone:(31)99433-5380
E-mail: nina.paiva@yahoo.com.br
Alameda das Rupestres, 1.999
Lapinha da Serra – Minas Gerais

 

assinatura-manteiga-derretida-blog-belo-horizonte

 

 

 

OFF

Degustação com o enólogo Adolfo Lona na Casa Rio Verde VinhoSite

04/10/2016

degustacao-com-o-enologo-adolfo-lona-na-casa-rio-verde-vinhosite-2

A Casa Rio Verde recebeu essa semana a visita do enólogo Adolfo Lona, da Vinhos e Espumantes Adolfo Lona, pequena vinícola de produção de espumantes artesanais na região de Garibaldi (RS). A Rio Verde é distribuidora exclusiva dos espumantes Adolfo Lona em Minas Gerais, há dez anos. O carismático enólogo apresentou com muita diversão sua linha de espumantes. Eu tive a oportunidade de participar a convite do VinhoSite. Amei essa noite de degustação.

Nascido em Buenos Aires, e formado na cidade de Mendoza na Argentina, Lona chegou ao Rio Grande do Sul em 1973, para assumir a direção técnica da Martini e Rossi, onde permaneceu por 30 anos. Em março de 2004, Lona decide materializar um velho sonho: ter sua própria produtora de vinhos e espumantes, criando a Vinhos e Espumantes Adolfo Lona.

O enólogo trabalha com os métodos Charmat e Tradicional. Com o método Charmat, produz espumantes mais frescos e frutados como o Brut Branco, Brut Rosé e Demi-secaromático, com ciclo de produção de 180 dias. O método Tradicional (Champenoise) é utilizado na produção de espumantes mais maduros e complexos como o Nature, o Brut, em ciclos de dezoito meses. O Orus, o único Nature Rosé do Brasil e grande destaque da vinícola, tem ciclo total de produção de 24 meses e quantidade máxima de 600 garrafas anuais. A produção total da vinícola é de 80 mil garrafas ano.

degustacao-com-o-enologo-adolfo-lona-na-casa-rio-verde-vinhosite-3

Lona destaca o grande crescimento do mercado de espumantes no Brasil: “O brasileiro parece ter descoberto as virtudes do espumante – alegre, versátil e sofisticado. O consumo, que cresce expressivamente a cada ano, deixou de estar apenas concentrado nas festas de fim de ano e agora está distribuído ao longo dos meses”, afirma.

Segundo dados divulgados pelo Ibravin – Instituto Brasileiro de Vinhos, nos últimos 10 anos – 2006 a 2015 – a comercialização de espumantes produzidos no Rio Grande do Sul passou de 7.7 milhões de litros para 18.8 milhões de litros. Outra boa notícia: os espumantes brasileiros retém 82,06% do mercado nacional, um atestado da qualidade dos rótulos produzidos no país.

degustacao-com-o-enologo-adolfo-lona-na-casa-rio-verde-vinhosite-1

Vale destacar que os convites para as degustações promovidas pela Casa Rio Verde podem ser adquiridos no VinhoSite, loja virtual da importadora, seção de Cursos. Normalmente uma degustação como essa custa R$50 para não-sócios do VinhoClube e R$35 para sócios. É uma noite deliciosa, divertida, regada à bebidas e comidinhas gostosas para harmonizar. Vale muito a pena. Chame azamiga, o boy ou a família. Obrigada equipe VinhoSite!

assinatura-manteiga-derretida-blog-belo-horizonte

 

 

 

OFF

Conheça o clube de vinho por assinatura VinhoClube

26/09/2016

conheca-o-clube-de-vinho-por-assinatura-vinhoclube-1
Quem me acompanha há mais tempo aqui no blog e redes sociais, sabe que sou completamente apaixonada por vinhos. A paixão é tão grande, que já até dei dica de como aproveitar vinho tinto no verão. E agora quero apresentar pra vocês o VinhoClube, um clube de assinaturas mensais para vinhos de qualidade e bom preço.

Se você é mineiro, provavelmente conhece a tradição da Casa Rio Verde. Com diversas lojas em Minas Gerais e mais de 400 rótulos de vinhos, a Casa Rio Verde agora amplia suas vendas para todo o Brasil por meio do Vinho Site, um e-commerce basante completo, com rótulos nacionais e importados.

conheca-o-clube-de-vinho-por-assinatura-vinhoclube-3
Além das ferramentas de “Estilo de Vinho” e “Harmonização”, que ajudam a escolher o vinho perfeito e o acompanhamento ideal, o Vinho Site também oferece o VinhoClube, uma assinatura mensal e personalizada de vinhos. É só escolher o plano de sua preferência com a quantidade de garrafas e aguardar em casa. Todos os meses você recebe uma seleção incrível com vinhos diferentes, frete grátis e entrega rápida para a Região Sudeste.

Atualmente estão disponíveis quatro seleções:

  1. Seleção Ouro: tintos pontuados e premiados (planos de 2,4 ou 6 garrafas por mês, preço inicial de R$119,80 ou R$59,90 por garrafa);
  2. Seleção Unique: tintos macios, fáceis de agradar o paladar dos iniciantes, com preços mais acessíveis (planos de 3,6 ou 9 garrafas e preço inicial de R$117 ou R$39 por garrafa);
  3. Seleção Summer: um novo nicho de mercado voltado para o clima tropical, mesclando espumantes, brancos e rosés (planos de 2,4 ou 6 garrafas, preço inicial de R$112 ou R$56 por garrafa);
  4. Seleção Platinum: vinhos premium para um público interessado em rótulos mais complexos – plano de 1 garrafa (R$125).

conheca-o-clube-de-vinho-por-assinatura-vinhoclube-2

Eu recebi em casa a Seleção Platinum, com um rótulo e dois vinhos extras incríveis: Rioja Reserva Bodegas Ramirez, Pinha BrancoCôtes de Provence Royal St Louis.

O prazo para entrega em Belo Horizonte é de 1 dia útil, para as demais capitais a entrega é de até 5 dias. A assinatura do VinhoClube pode ser alterada conforme a necessidade. Ah, os assinantes tem 30% de desconto em cursos e degustações ministrados pela Escola Casa Rio Verde e 10% desconto na compra de vinhos avulsos.

conheca-o-clube-de-vinho-por-assinatura-vinhoclube-4

Conheça o clube de vinho por assinatura VinhoClube

E o maior diferencial do ClubeVinho é a qualidade notável dos vinhos, que chegam de 15% a 40% mais em conta que seu preço de venda. Sensacional né? Tem planos para todos os gostos e bolsos. 😉

Quem aqui também não abre mão de um bom vinho? Então fica a dica para quem estava à procura de um clube de assinatura de vinho com qualidade, tradição e preço bom. E se vocês quiserem aproveitar a seleção Platinum desse mês, corre que ainda dá tempo.

assinatura-manteiga-derretida-blog-belo-horizonte

 

 

 

Viagem

Viagem | Conhecendo Lavras Novas/MG

26/10/2015

Oi gentis. Tudo bem? Dicas de viagem não são muito frequentes aqui no blog, né? Mas isso está para mudar. Minha meta é viajar pelo menos uma vez por mês dentro de Minas Gerais. Eu amo meu estado, mas confesso que conheço pouco. Escolhi Lavras Novas, que fica pertinho de Ouro Preto, para começar. Então vamos lá?! Viagem | Conhecendo Lavras Novas/MG.

Como chegar

Lavras Novas fica a 117km de Belo Horizonte e a 17km de Ouro Preto, aproximadamente. Escolhemos o melhor e mais curto trecho até lá, pegando a BR-040, a saída para Ouro Preto e a BR-356 e Rodovia dos Inconfidentes até R. Nossa Sra. dos Prazeres. Dá poucos menos de duas horas de viagem. É super tranquilo, mas é bom tomar cuidado. A estrada tem muitas curvas e algumas partes são de terra (7km) permitindo passagem de apenas um carro por vez. O bacana é que a cidade tem um lugar para informações turísticas e é super bem sinalizada, tem placas de pousadas e restaurantes por todos os lados.

Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG 4

Onde ficar

A minha primeira dica para esse tópico é: pesquise bastante. A segunda dica: evitem os feriados, pois os preços dobram e a cidade fica muito cheia. Eu fui com meu namorado e mais um casal de amigos. Optamos por uma pousada com piscina, café da manhã e lanche da tarde, quartos simples, porém bastante aconchegantes. Cama de casal, suíte, TV, frigobar e uma varanda com vista para as montanhas. Check in na sexta-feira ao meio-dia e check out no domingo, às 16h. A escolhida foi a Pousada Buiéie, localizada logo abaixo da rua principal, Nossa Sra. dos Prazeres. Fácil acesso a toda a cidade. Além de tudo isso, a pousada conta com uma piscina aquecida. Pra quem curte dar uns mergulhos à noite, recomendo procurar um lugar que tenha piscina aquecida. Lavras Novas é uma cidadezinha super fresca e à noite sempre faz um friozinho. Mas a piscina normal é grande e tem uma bela vista para as montanhas. O pôr do sol é incrível! O café da manhã é suuuuper completo e gostoso. Dica para as moças: os quartos possuem secador. 😉 O fim de semana ficou em R$570 o casal. Ótimo preço! A única coisa que achamos que não compensa é comer na pousada, pois os preços são os mesmos praticados nos restaurantes fora e é muito mais interessante sair pra comer na cidade e conhecer um pouco mais.

Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG

Onde comer

Na sexta-feira, chegamos tarde e optamos por jantar onde pudéssemos ir à pé. Escolhemos o Ristorante La Cucinetta. O chef é italiano e faz questão de ir até a mesa pra saber se os pratos estão gostosos. O atendimento é excelente e a comida também. Pedimos brusquetas de entrada e massas com com filé. Delícia. O preço é bastante razoável, cada prato principal a partir de R$56. A decoração é linda e a casa ainda conta com ótimas opções de vinho. Para o almoço, recomendo altamente o restaurante da pousada Vila Mineira, Pimenta Rosa. R$33 por pessoa, com direito a buffet mineiro completo direto do fogão a lenha e sobremesas. Comida deliciosa, bom atendimento e uma bela vista para as montanhas. Porém se não quiser deixar o conforto da pousada, pode pedir de olhos fechados os sanduíches do Restaurante Pau a Pique. São deliciosos e eles cobram uma taxa de entrega de R$2 nas proximidades.

Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG 3

O que fazer

Quem acompanhou minha viagem pelas redes sociais já sabe o que vou dizer: passeio de quadriciclo. De verdade, se forem a Lavras Novas não deixem de fazer esse passeio. Nós alugamos os veículos no Quadricross. Procurem o João Paulo por lá digam que vocês foram indicados pelo casal que quase bateu na moto dele. Hahaha! Aproveitem e mencionem o blog também. 😉 É bem seguro, tá?! Meu namorado é que é aloprado mesmo. Um passeio de duas horas sai por R$160 com desconto por pagamento em dinheiro. São até duas pessoas por quadriciclo e quem vai pilotar recebe um pequeno treinamento. A gente escolheu o passeio que parava no Mirante, na Cachoeira dos Namorados e represa do Custódio. É muita diversão e aventura garantidos! E claro, tem que fazer também um passeio a pé pelo centro histórico da cidade. O clima estava ameno e ficou entre nublado e com muito sol. O tipo de cidade que dá pra aproveitar com qualquer tipo de clima. Se vocês quiserem fazer um esforço para conhecer toda a cidade ou grande parte em apenas um dia, é bem possível, mas a gente queria aproveitar e descansar ao mesmo tempo, então escolhemos os pontos principais. Ainda ficou faltando as cachoeiras Nossa Sra. dos Prazeres, Pocinho, 3 Pingos, Falcão e Castelinho o mirante com teleférico, Lapa da Alzira, o Parque do Itacolomi, a Serra do Trovão e da Chapada e a Pedra do Equilíbrio.  O restante fica para uma próxima.

Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG 1Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG 2

Dicas Extras

Lavras Novas é uma cidade incrível, charmosa e repleta de atrações. Tem culinária, passeios e hospedagem para todos os gostos. Algumas leitoras vieram me perguntar se fiz “Meu Look” por lá. Eu pensei bastante sobre isso, mas decidi que o fim de semana seria de muito lazer e descanso. Apesar de não achar que o blog é um trabalho, pelo menos não pelo lado negativo, não quis misturar as coisas dessa vez. Realmente precisava esvaziar a cabeça. Voltei muito melhor!

Os preços, de forma geral, são muito bons. Equivalem a uma saída aqui em BH ou a alguma opção de lazer que não seja gratuita. As vistas são lindas, tudo está muito preservado e limpo. Para acessar algumas cachoeiras, é preciso andar um pouco e carros podem ter uma certa dificuldade nas estradas de terra. E vale lembrar que é uma cidade pacata. Tem padaria, supermercado e farmácia, mas tudo muito simples.

Viagem  Conhecendo Lavras NovasMG 5

Enfim, é um excelente destino! Ideal para casais e turmas de amigos. 😉 Já quero voltar! Se vocês tiverem alguma dúvida, é só deixar aqui nos comentários. Terei o maior prazer em responder.